O SUCESSO DA SUA APRESENTAÇÃO TAMBÉM DEPENDE DO TIPO DE FONTE QUE VOCÊ USA

03/03/2016

Chegou a hora de criar uma apresentação mas, e agora? Qual fonte usar?

Algumas diretrizes, pode nos levar a fazer a melhor escolha, com menos chances de errar.

O primeiro ponto a ser levado em conta é: serifas (os “pezinhos” que algumas fontes possuem) ou não?

Estudos apontam que fontes serifadas, como a Times New Roman, muito usadas em livros, ajudam na leitura de textos longos, pois são mais confortáveis. Já as fontes sem serifas, como a Arial, são mais fáceis para leituras de mensagens curtas, rápidas. Por isso são muito utilizadas em peças publicitárias como outdoors e cartazes.

Ou seja, se a sua apresentação precisar causar impacto e transmitir mensagens rápidas para um público, aposte em fontes sem serifas. Assim, você garante o entendimento do texto dos slides com mais velocidade e facilidade.

O segundo ponto é: qual o “humor” que cada fonte transmite? Fontes como a Century Gothic, são mais elegantes e trazem uma sensação de vanguarda, podendo funcionar em alguns tipos de apresentação, mas fontes como a Courier, dão a sensação de algo mais clássico, tradicional.

Escolha aquela que tem mais a ver com as sensações que você quer transmitir.

Agora, se a dúvida for em relação a quantidade de palavras que um slide deve ter, é preciso definir primeiro o tipo de slide da sua apresentação: se forem slides mais informativos, precisarão ter mais dados e palavras. Se for uma apresentação mais conceitual, ou impactante, o melhor a fazer é resumir as informações de forma que fiquem entre seis a oito palavras por slides.

Apesar de não parecer, a fonte é um elemento muito importante do design e pode fazer toda a diferença para a qualidade final da sua apresentação.

Escolha com sabedoria!

Fonte: Comunicadores



Tags: Dicas

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com