5 ASPECTOS QUE PODEM FAZER VOCÊ SE ENROLAR NA ENTREVISTA DE EMPREGO

09/06/2017

1-FeedbackNegativo

Entrevista de emprego pode ser algo extremamente desconfortável para alguns, devido a carga de ansiedade gerada pela luta por uma vaga num mercado de trabalho onde 14 milhões encontram-se desempregados no Brasil.

Resumir a trajetória profissional e acadêmica, explicar o motivo de suas demissões, justificar pontos fortes e fracos, podem trazer ainda uma carga maior de desconforto à conversa.

Renata Fillipi, headhunter da STATO, está acostumada a ver candidatos se enrolarem especialmente na hora de tratar de cinco aspectos. São eles:

1. Explicar o motivo de uma demissão

Na hora de falar sobre isso, seja verdadeiro e pontual na hora de explicar. Procure não se estender muito, afinal, seu discurso certamente será checado. Para um executivo, uma atitude bem melhor do que criticar o ex-chefe é adotar uma postura mais prática e pontuar que havia diferença na maneira de pensar, segundo a headhunter.

2. Falar sobre pontos fracos

Evite respostas vagas e batidas pois sugerem que você não está ciente de quem é, ou seja, que não possui autoconhecimento.

Mas, cuidado! Exagerar na sinceridade e emoção demais podem atrapalhar bastante.

O ideal é mostrar que tal problema (caso haja) está sendo superado e que isso não vai influenciar negativamente no dia a dia de trabalho.

3. Elencar competências

Muitos candidatos se enrolam na hora de usar casos reais para comprovar suas competências profissionais, o que é um pedido muito comum de recrutadores durante a entrevista.

Se sai melhor, aquele que consegue trazer resultados concretos da sua boa atuação profissional. Para Renata, “Quanto mais souber números, melhor”.

Saiba o que a empresa ganha, de fato, com a sua contratação.

4. Indicar quem possa dar referências

A falta de motivação de um ex-colega ou ex-subordinado na hora de falar sobre você, tem impacto negativo e um peso considerável na sua avaliação. Para não correr esse risco, pense em quem tem coisas positivas para falar. Pergunte se pode dar o nome da pessoa como referência.

“A pior coisa que a gente pode ouvir ao ligar para alguém indicado como referência é que não há nada que o desabone”, diz Renata.

5. Salário

Trazer o assunto remuneração para entrevista de emprego, é um ponto negativo. A negociação salarial deve ser feita depois que o candidato foi escolhido e no momento em que o entrevistador trouxer o tema à tona.

Porém, é interessante, que o entrevistador saiba em algum momento quanto o candidato ganha ou ganhava em seu último emprego, ainda que ele não o pergunte.

Para aqueles que estão trabalhando e não podem ficar saindo para fazer várias entrevistas, é possível tentar introduzir o tema de forma sutil e elegante.

Vontade ter mais responsabilidade ou escopo de atuação mais amplo também são jeitos de provocar a entrada do tema na conversa, segundo a especialista.

Fonte: Exame



Tags: Dicas

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com