FAÇA SEU NEGÓCIO DAR CERTO COMO DESIGNER

19/10/2017

Sabe aquelas rodas de debates que inevitavelmente acontecem com outros designers? Então… será que todos saberiam responder o que é design? A real é que seu cliente final tá pouco se lixando com isso. Dizer à ele que é ‘resolver os problemas’, ele pode argumentar outros profissionais de outras áreas também podem fazer isso. Dizer que aliar a criatividade à soluções, também não vai colar. Aí ele, lá no fundo, pensa: se você não consegue definir o que é design, como vai fazer pra defender o seu projeto?

É preciso mostrar ao cliente que design é mostrar que a necessidade dele foi resolvida. Não importa se tem o mais integro dos conceitos ali. Seu cliente quer ver aquilo dar resultado.

Aprender a falar o que o cliente quer ouvir, se apropriar do seu projeto para dizer o que ele precisa ouvir pra convence-lo, isso sim é válido para se dar bem no mercado. Não precisa filosofar nas defesas, apresente o conceito da peça rapidamente, destrinche tudo, de maneira bem sucinta e parta pra as aplicações, ou seja, pra a forma que o cliente vai ver aquilo ganhando dinheiro.

Um dos grandes males do mercado são dos designers que aceitam tudo e tem medo de falar. É preciso aprender a ter voz, dar opinião. Se impor, não significa viajar demais no projeto (ou talvez isso seja bom também), mas questionar a forma como o cliente vê você. Muitas vezes, os clientes virão com as ‘bombas’: pouco prazo, pouco orçamento e com uma quantidade enorme de trabalho, e você, vai aceitar tudo isso, se sobrecarregando e entregando algo ruim, só por medo de se impor?

No início de carreira, isso é até ‘normal’ devido a falta de experiência, mas com o tempo, é preciso manter a postura profissional. Argumente sobre preço, formas de pagamento, meios pra o projeto. Não tenha medo e nem vergonha!

Entenda o cliente, mas faça ele entender você também. Tenha argumentos para suas questões, use cases de exemplo, saiba falar e ouvir.

Designer se preocupa muito com a criação das coisas e pensa, em muitas vezes, que seu trabalho não envolve venda. Errado! A partir do momento que defendemos uma coisa, estamos vendendo aquela coisa. Você faz isso o tempo todo, se vende e vende seus produtos.

Faça uma autoavaliação. Como você se vê daqui há um ano? Você que tá terminando o curso, como se vê? Pode ser meio pesado, mas faz sentido. Com tanto designer por aí, todos, em sua maioria, fazendo as mesmas coisas, como você se diferencia? Tenha um diferencial. Fazer uma arte é fácil, mas entregar algo que vai fazer o cliente ganhar grana, ter ética, cumprir prazos, ajudar a empresa dele… isso é entregar valor, isso é seu diferencial. Pense fora da caixa!

Fonte: Design Culture

 



Tags: Dicas

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com