AFINAL, QUEM CRIOU A AMADA E TEMÍVEL COMIC SANS?

24/04/2018

Quem nunca ouviu falar mal da tão conhecida Comic Sans, que atire a primeira pedra!

A Comics Sans é uma das únicas opções tradicionais “bem humoradas” de letras nativas do Windows e tem sua razão de existir.

Vincent Connare (foto) é tipógrafo e trabalhava na Microsoft em 1993, quando pediram sua contribuição para criar novas fontes e ele foi o responsável pela fonte mais amada e odiada do mundo: a Comic Sans. Inspirada nas revistas em quadrinhos, a fonte levou 3 dias para ser criada e estreou no Windows 95.

\

Vincent declarou numa entrevista ao “Guardian”,  que a fonte criada por ele é uma uma resposta a ao mesmo tempo uma pergunta uma pergunta:

“Tudo que eu já fiz é uma solução para o problema de alguém.”

E vai mais além em uma declaração polêmica:: “Se você ama a Comic Sans, você não sabe muito sobre tipografia; e se você odeia, você realmente não sabe nada sobre tipografia”.

A ideia inicial é que fosse uma fonte diferente de tudo o que as pessoas estavam acostumadas na época, fugindo do padrão, “saindo da caixinha”.

Ao contrário do que todos imaginam, no ano de lançamento ela foi um grande sucesso estando presente em tudo, desde placas de rua até embalagens de pão. Porém ao mesmo tempo em que ganhava popularidade um grupo de designers começou um movimento contra o uso da Comic Sans.

No inicio esse movimento contra a fonte era engraçado, havia muitas piadas envolvidas e todos se divertiam, porém isso foi virando uma bola de neve até chegar nessa grande disputa que conhecemos hoje.

Se quiser saber mais, o vídeo (em inglês) explica com detalhes a criação:



Tags: Publicidade

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com